domingo, 6 de janeiro de 2013

Apolo



Faz-me assaz harmonioso
Com tua lira.
Faz-me curandeiro de mim
Com tua medicina.
Faz-me poeta
Com tua inspiração divina.
Faz-me verdadeiro
Com teu Sol que ilumina.

Por Dias, Anderson

2 comentários:

A Escafandrista disse...

hummm, poesias de Dias... haha!

bom estar aqui!

Elaine disse...

:)