terça-feira, 6 de abril de 2010

Ajuda-me


Senhor,

Tu sondas-me e conheces-me bem. Eu ando sempre em sinceridade, Tu sabes disso, e não quero largar mão de tudo, contudo nada parece encaixar-se. Tudo parece tão longe, tão difícil. Sei que, em momento algum, me disseram que haveria de ser fácil, mas quanto mais me esforço, mais parece que estou contra a maré. Mais e mais contra uma imutável condição ou realidade, tenho a sensação de que devo aceitar tal silenciosamente, parece que me resta tão somente aceitar.

Senhor! Ajuda-me!

Tu conheces-me bem, tão bem.

Por Dias, Anderson

2 comentários:

Rafaelle Costa disse...

huuuum... querido, qd vc entra no msn para conversarmos? quero saber de vc. fica com Deus.

D. F. C. disse...

Bom ver as suas postagens novamente. Parece que estão ficando mais raras.
É bom poder compartilhar da sua fala autêntica.
Paz e bem para ti camarada
E continue caminhado. Ninguém sabe o que pode surgir a cada alvorecer.